Nairóbi / Quênia, Abril de 2014

“Sentindo, assim, tanta afeição por vocês, decidimos dar-lhes não somente o evangelho de Deus, mas também a nossa própria vida, porque vocês se tornaram muito amados por nós.” 2 Tessalonicenses 2:8

Nairóbi / Quênia

No dia 18 de março saímos do Brasil rumo a terra que o Senhor nos prometeu para os próximos anos. Fizemos uma boa viagem e tivemos ainda o prazer de encontrar uma outra família que está iniciando sua vida como missionários em Moçambique.
Na chegada em Nairóbi / Quênia, fomos recebidos e levados na casa de um casal de que vivem à muitos anos aqui, e ali passamos 4 dias. Com a ajuda deles, conseguimos rapidamente mobiliar nossa casa.

Foi um tempo bem exaustivo para nós e para as crianças, porém em tudo temos visto a fidelidade do Senhor, assim estaremos nos próximos dias tentando nos organizar na nova rotina. São muitas as mudanças que temos enfrentado como no trânsito, questões de segurança, comida, escassez de água, falta de energia elétrica constante, o clima, a poeira, a língua local, altitude (1800m) etc.

Mas agradecemos a Deus pois ainda no Brasil, conseguimos levantar os recursos para mobiliar a casa, pois tivemos gastos expressivos com utensílios necessários aqui, como filtro de água bom, pois a água é contaminada e suja, até mesmo pra comida precisa usar água do filtro e sair com garrafas de água para tomar na rua. Também usamos filtros de energia nas tomadas elétricas que existem eletrônicos, por causa das constantes quedas de energia, para não queimar os aparelhos, pois a energia aqui oscila muito.

Algumas coisas nos assustaram como toda entrada em lugar público somos revistados, e os policiais andam armados com metralhadoras. Revolver aqui não existe, apenas metralhadoras. A sujeira está por todo o lugar, com esgoto aberto e muita poluição no ar. Porém, sabemos que é tudo ainda muito novo para nós, e iremos nos adaptar e amar viver nessa terra que o Senhor Jesus escolheu para nós.

O que tem nos ajudado dessa vez, é que a Fran e as crianças já conseguem se comunicar no inglês e assim ter mais independência em realizar as tarefas do dia a dia. A nossa casa está localizada em um lugar seguro, sendo que ela já estava reservada para nossa família, e temos como vizinhos mais missionários da AIM (MIAF).

Neste mês de Abril iremos visitar alguns trabalhos da MIAF / AIM aqui de Nairobi, assim como também iniciaremos as nossas aulas de Swahili. Entre Abril e Maio, está agendado para realizarmos o “Home Stay”, que é um tempo em que iremos morar com uma família local, para o aprendizado mais rápido da língua, costumes, cultura, etc.

Também em Abril está previsto a participação do Gustavo no 1o ICCM África. É um evento que tem como objetivo reunir agências missionárias e escolas cristãs para discutir os métodos que estão sendo utilizados, usando tecnologias, para alcançar todos aqueles que ainda não foram alcançados pelo Senhor Jesus.

Trabalhos

O foco que recebemos dos nossos líderes para os próximos meses será o aprendizado da língua Swahili, que é usada aqui no Quênia e países vizinhos. É uma língua onde uma grande parte é similar ao Árabe. Nas ruas não se ouve o inglês, porém muitas pessoas sabem, mas no geral só se fala o Swahili. Por este motivo é necessário o aprendizado da língua local.

Com a língua, também iremos aprender sobre os costumes do povo local e da região leste africana, o que é certo e errado na cultura deles e demais informações que serão importantes para que possamos da melhor forma possível testemunharmos do amor de Jesus, através do nosso testemunho vivo, como lemos e 2Ts 2:8.

Conquistas

  • Tivemos uma viagem abençoada do Brasil para Nairóbi.
  • Em poucos dias conseguimos mobiliar a nossa casa, graças as várias ofertas.
  • Estamos morando em um lugar que foi separado para nós pela agência missionária, onde estamos nos sentidos seguros e amparados por outros missionários que são nossos vizinhos.

Pedidos de Oração

Ore pelo Quênia

  •  Constantemente existem explosões na cidade e região, onde muitos cristãos morrem. Estes atentados tem com o objetivo de colocar medo nos cristãos para não continuarmos com a evangelização dos povos não alcançados que aqui existem.

Aulas de Swahili

  • Temos avançado com as aulas de Swahili e junto aprendido muito sobre a cultura, o que tem sido importante em nosso ministério na favela de Kibera. A Fran especificamente tem aprendido como preparar lições para as crianças e cantar músicas.
  •  Emissão dos nossos vistos de residência no Quênia.
  •  Adaptação em viver aqui em Nairóbi.
  •  Após os atentados terroristas ocorridos em setembro do ano passado no Shopping West Gate em Nairóbi, as autoridades quenianas alteraram os procedimentos na emissão de vistos. 
O departamento de imigração tem seguido novas determinações, o que tem produzido atrasos nos vistos.

Mantenedores

  • Fidelidade dos novos mantenedores e intercessores.

Família

  • Crianças dormirem bem e tranquilas.
  • Fundos para comprar um veículo correto para as estradas de Nairóbi e região. O necessário é um veículo 4X4, para visitas remotas. A maioria dos missionários possui veículos 4×4 visto as estradas ruim.
  • Pedimos oração pelo Peter e Raica em relação a eles conseguirem dormir sozinhos e se sentirem seguros a noite. Nestes dias que aqui estamos, eles só conseguem dormir conosco. Em especial, o Peter muitas vezes acorda com medo e tem mostrado mais dificuldade, mas cremos que tudo é um tempo também para eles se adaptarem ao novo contexto que eles irão viver, assim como o novo contexto espiritual existente aqui.

Home-Stay

  • Tempo em que iremos morar com uma família local. “Home Stay”.

Como família, agradecemos a todos os mantenedores fiéis que nos apoiam financeiramente e em oração. Desejamos a todos vocês que o Pai os recompense com muita graça e amor.

Família Hellwig, seus missionários na África