Capetown / África do Sul

“Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria” Salmos 90:12

Mensagem

Temos muitas coisas a agradecer nessa carta de oração, pois estamos em solo africano, vivendo aquilo que Deus tem preparado para nossa família. Todos esses meses de preparo para chegar aqui, que ao chegar é como se estivéssemos aliviados, porém um tanto tensos com a difícil despedida no aeroporto da família, a cansativa viagem e o novo país. Seguimos para uma nova etapa de nossas vidas, o Novo de Deus!

Nossa viagem foi uma benção, as crianças curtiram muito, tudo era novidade no avião.

Fomos muito bem recebido pelo Abie Joseph (nosso diretor aqui da MIAF – onde iremos trabalhar nos próximos dois anos) e pela família dele.

A nossa Guesthouse (hotel com cozinha) foi alugada pela internet, e sentimos o cuidado de Deus com isso, pois ela é limpinha, bem organizada, tem tudo o que precisamos para esse primeiro mês, sem contar mercado perto e parquinho para as crianças.

Com a mão de Deus, conseguimos comprar o carro (necessário pela segurança) aqui no valor que havíamos planejado e já estamos andando pelas ruas pelo lado esquerdo, já que aqui a mão é invertida, o que tem sido um desafio. Uma benção que aconteceu foi que o Gustavo falou para a vendedora que queria o carro, mas deveria ser no valor X, ela foi lá no gerente e consegui, sem entender como, mas depois falou “agora sei por que vocês são missionários, vocês são abençoados”.

Também conhecemos uma igreja da região a convite de uma missionária irlandesa que também trabalha na AIM South África (MIAF), onde almoçamos depois junto com uma família de pastores desta mesma igreja.

As crianças estão felizes, estamos curtindo muito a família e estamos muito unidos, a alimentação deles, sono e tempo de brincar e se desenvolver está excelente, louvamos a Deus por isso e já tivemos imprevistos com a saúdes das crianças e da Fran, mas sobre o controle do Senhor. Sentimos pelas crianças não terem amigos ainda, quando vamos no parque, eles ficam com os olhinhos arregaladas para as crianças e tentam comunicação e interagir. Mas sabíamos que teríamos perdas e ganhos como diz em Eclesiastes 3, tem tempo para tudo e por isso precisamos ter paciência e esperar no Senhor. É APRENDER A VIVER CADA DIA.

Desafios

A questão da comunicação não tem sido fácil, já que o inglês falado é britânico, um tanto diferente do inglês americano, ao qual o Gustavo estava acostumado e que se aprende nas escolas brasileiras. Todas as pessoas da África do Sul falam o inglês, porém são 11 as línguas oficiais. Sabemos que com o tempo a Fran e as crianças falando inglês tudo ficará mais fácil, mas temos que ter paciência, principalmente o Gustavo, que é o nosso interprete.

Aqui em Cape Town é uma mistura de raças, línguas e religiões, tendo muita divisão devido ao Apartheid que ainda é muito presente ainda. Isso nos assustou no início, pois existem até bairros distintos por “raça”, mas vamos nos acostumando. É uma cidade turística, enorme, com muito giro de pessoas. Sentimos o choque cultural em muitas coisas, como forma de refeição, que não param no almoço somente lancham. Todas as casas tem banheira no banheiro e algumas nem tem chuveiro. Não tem lavanderia nas casas, somente uma máquina de lavar na cozinha ou banheiro. A noite as pessoas não saem na rua pelo perigo, somente diretamente para algum lugar específico, ficando as ruas desertas. E as pessoas quando se encontram não se dão a mão e muito menos abraçam, só dizem oi (hello! hi!).

Entre tantas outras diferenças, que na verdade não podemos dizer que são ruins, pois é questão de cultura e sabemos que iremos nos adaptando com tudo isso.

Ainda estamos procurando a nossa casa, mas o orçamento ficará acima do previsto e essa tem sido uma etapa cansativa e pedimos que estejam orando para que isso se defina, pois necessitamos disso, pois ainda temos muitas coisas nas malas, não podemos comprar brinquedos, coisas para as crianças e a casa devido ao espaço e mobilidade de tudo isso para o lar definitivo. E também, somente após nossa instalação definitiva, que conseguiremos estabelecer uma rotina, tanto para nós como para as crianças.

Sabemos que mesmo sem estar efetivamente falando do amor de Jesus, devido a língua, perigo da cidade, tempo para adaptação e estabelecer relacionamentos, somos testemunhas por onde temos passado, temos a certeza que muitas vezes as atitudes falam muito mais e abrem portas por onde temos passado. Cremos que estamos sendo dirigidos pelo Espírito Santo em todos os momentos.

Agradecimentos

  • Pelo carro que adquirimos, pois está uma benção. Que o Senhor possa continuar a nos abençoar com ele.
  • Pelo mensagens, e-mails e palavras que estamos recebendo de todos os nossos amigos e familiares.
  • Pela AIM South América (MIAF) e AIM South África, pelo total apoio em todas as etapas.
  • Pela família do Abie Joseph (Diretor da AIM South África) pois ele não fica um dia sem nos ligar ou estar conosco nos apoiando, em todos os detalhes (Comida, Transporte, Telefone, Carro, Casa, Saúde, etc).
  • Pela igreja, família e amigos que estão orando por nós e nos suportando financeiramente.
  • Por o Senhor ter colocado a cidade de Cape Town para nos preparar para o Kenya.

Pedidos de Oração

  • Pelo nosso lar que o Senhor já estará preparando para morarmos nos próximos dois anos.
  • Aprendizado do inglês da Franciele e das crianças.
  • Pelo estudo de teologia do Gustavo, pois são milhares de páginas para ler junto com toda essa mudança.
  • Pelos nossos filhos Peter e Raica, saúde e que cada dia se sintam mais familiarizados pelo povo local.
  • Pelo reaprendizado a dirigir (aqui o motorista fica na direita do carro e se dirige na esquerda da sua).
  • Pela saudades que sentimos da família que ficou no Brasil, que sejamos confortados a cada dia.

Próximas datas importantes

  • 28 de Agosto – Aniversário de casamento. 8 maravilhosos anos juntos.
  • 17 de Setembro – Aniversário do Gustavo, 31 anos.
  • 27 de Setembro – Aniversário do Peter, 4 anos.

20120808.2

Como família, agradecemos a todos os mantenedores fiéis que nos apoiam financeiramente e em oração. Desejamos a todos vocês que o Pai os recompense com muita graça e amor.

Família Hellwig, seus missionários na África