O Deus Esquecido: Revertendo nossa Trágica Negligência para com o Espírito Santo – Francis Chan

Em nome do Pai, do Filho e … do Espírito Santo. Oramos em nome de todos os três, mas quantas vezes vivemos com uma consciência de apenas os dois primeiros? Quando Jesus subiu ao céu, Ele prometeu enviar o Espírito Santo – o Ajudador – para que pudéssemos ser testemunhas verdadeiras e vivas de Cristo. Infelizmente, a igreja de hoje sabe que o “presente” foi enviado por Deus, mas não está abrindo o “presente”.

Veja o trailer do livro, com legenda em Português.

E abaixo, segue algumas citações deste livro que eu li e considero muito importante para compartilhar com todos. Aproveite !!!.

  • Sem o Espirito Santo, as pessoas trabalham com suas próprias forças e só conseguem resultados baseados nas limitações humanas.
  • Quando os crentes vivem no poder do Espírito, a evidência em suas vidas é sobrenatural.
  • Eu creio que o Espírito é mais obviamente ativo em lugares onde as pessoas estão desesperadas por Ele, humilhadas diante dEle e não distraídas por sua busca humana de riqueza ou conforto.
  • Se o Espírito Santo se mover, nada pode impedi-lo. Se Ele não se mover, não produziremos fruto genuíno, não importa quanto esforço ou dinheiro gastemos. A igreja torna-se irrelevante quando se torna puramente uma criação humana.
  • Não importa de que tradição religiosa você vem, seja uma igreja centenária ou pentecostal, você provavelmente carrega a bagagem e estereótipos em relação ao Espírito Santo.
  • Algumas pessoas falam muito, até se vangloriam do Espírito, mas suas vidas não dão Seu fruto:
    • Uns falam do Espírito Santo em termos teóricos ou acadêmicos, mas não O experimentam na prática.
    • Outros ainda o ignoram para todos os propósitos práticos e, como você poderia esperar, raramente esperam, raramente experimentam um relacionamento ou intimidade com o Espírito.
    • E então há aquela pessoa rara que não fala freqüentemente sobre o Espírito, mas cuja vida é uma exibição poderosa de Sua presença e atividade.
  • Deus não é apenas um item que acrescentamos a coisa que chamamos de vida. Ele quer um convite nosso para preencher tudo e cada parte de nós.
  • É possível termos o suficiente ou mesmo muito Deus? Estarmos cheio da sua presença? Existe um ponto em que uma pessoa pode estar satisfeita com a quantidade de intimidade, conhecimento e poder de Deus que ele/ela experimenta?
    • Eu não vejo como isso existir, porque a cada vez que eu me encontro com Deus, isso só me leva a ter mais sede da presença dEle.
  • Ele é infinito e nós somos finitos; Haverá sempre mais de Seu caráter a descobrir, mais de Seu amor para experimentar, e mais do Seu poder para usarmos nos Seus propósitos.
  • Eu só sei que quando você se entregar completamente ao Espírito Santo, Cristo será magnificado, não você. (João 16:14).
    • Paulo escreveu aos Coríntios que suas palavras não eram “sábias e persuasivas”, mas sim uma “demonstração do poder do Espírito” para que sua fé “não dependesse da sabedoria dos homens, mas do poder de Deus” (1 Cor 2:4-5). Mais adiante na mesma carta ele reitera que “o Reino de Deus não consiste de palavras, mas de poder” (1 Co. 4: 20).
  • Como pastor, eu estou cansado de simplesmente falar sobre Deus. Eu quero ver Ele mover através de mim, através da minha igreja, e através do reino de Cristo. Eu sei que há mais. Todos nós sabemos que há mais.
  • Que as suas palavras sejam como as minhas: “Eu me recuso a viver o resto da minha vida onde estou agora, estagnando neste momento. Não me interpretem mal, Deus já fez muito na minha vida, e eu sou grato por isso, mas estou convencido de que há mais. Há mais do Espírito e mais de Deus do que qualquer um de nós está experimentando ou já experimentou. Eu quero ver isso, não apenas intelectualmente, mas na vida, com tudo o que sou.”
  • Se é verdade que o Espírito de Deus habita em nós e que nossos corpos são o templo do Espírito Santo, então não deveria haver uma enorme diferença entre a pessoa que tem o Espírito de Deus vivendo dentro dele e a pessoa que não tem?
  • Os cristãos falam sobre o fato de terem nascido de novo e dizem que eles estavam mortos, mas agora têm vindo à vida. Contudo, quando aqueles que estão fora da igreja não vêem diferença em nossas vidas, eles começam a questionar nossa integridade, nossa sanidade ou, pior ainda, nosso Deus. E você pode culpá-los?
  • Meu palpite é que a maioria de vocês que estão lendo agora, têm conhecimentos básicos sobre o Espírito Santo, mas quando se trata de experimentar o Espírito em sua vida, é uma história diferente. Tome um momento e pergunte-se esta pergunta: Quando foi a última vez que você inegavelmente viu o Espírito Santo trabalhando em você ou em seu redor? Se foi recentemente, pense em tomar alguns minutos para refletir sobre o que o Espírito de Deus fez e como você O viu no trabalho. Agradeça a Deus por Sua presença ativa em sua vida, e louve-O pelo caminho que Ele está o guiando até agora.
    • Se você está tendo problemas para lembrar quando que o Espírito Santo estava trabalhando em você, talvez isso seja porque você tem O ignorado. Talvez seja porque você tem um monte de conhecimento sobre o Espírito Santo, mas não muita prática de relacionamento com Ele.
  • Em primeiro lugar, é impossível para nós, como seres finitos, compreender completamente um Deus infinito. Segundo, muitos de nós não precisamos de mais conhecimento intelectual sobre o Espírito de um ponto de vista, o que precisamos é conhecimento prático de Sua presença.
  • Cristo disse que foi para o nosso bem que o Espírito viesse, e eu quero viver como que isso seja verdade. Eu não quero continuar rastejando quando tenho a habilidade de voar.
  • Não deixe que seus pontos de vista sejam determinados pelo que sempre foi falado para você. No contato com outros cristãos, procure o que Deus disse sobre Seu Espírito. Abra sua mente e sua vida para a condução do Espírito, independentemente do que os outros possam pensar sobre você.
  • Alguns anos atrás, perguntei a um dos meus amigos se ele realmente queria conhecer a vontade de Deus para a vida dele, independente do que Deus tivesse pensado para ele. Sua resposta foi honesta: “Não, isso me enlouqueceria.” Ele então admitiu que prefere não saber a vontade de Deus para a vida dele. Dessa forma, no final, ele poderia dizer: “Eu não tinha idéia de que Você queria que eu fizesse todas essas coisas.”
    • Muitos de nós realmente não queremos ser guiados pelo Espírito Santo. Ou, mais profundamente, muitos de nós não queremos ser liderados por ninguém que não seja nós mesmos. A idéia de desistir do controle (ou a ilusão dele) é aterrorizante, não é?
  • A verdade é que o Espírito do Deus vivo irá lhe pedir para você ir a algum lugar ou fazer algo que você normalmente não quer fazer. O Espírito levará você ao caminho da cruz, como Ele conduziu Jesus até a cruz, e isso definitivamente não é um lugar seguro, bonito ou confortável para estar. O Espírito Santo de Deus irá moldá-lo na pessoa que você foi feito para ser.
  • Se você disser que deseja o Espírito Santo, primeiro você deve se questionar honestamente se deseja fazer a Sua vontade. Porque se você realmente não quer conhecer e fazer a Sua vontade, por que deveria pedir Sua presença? Mas se você decidir que quer conhecer Sua vontade, haverá momentos em que você terá que deixar de lado o medo do que isso pode significar, quando você tiver que liberar seu próprio controle sobre sua vida e decidir ser liderado por Ele, a vontade dEle será feita, custe o que custar. Você está preparado?
  • Quando ficamos excessivamente preocupados com nossa aparência, nossa reputação espiritual, nossa frieza e nossa aceitação, estamos vivendo como cidadãos deste mundo e não como embaixadores.
  • Precisamos rotular um ao outro “conservador” ou “carismático” ou “radical”? Qual é o ponto nisso? Vamos nos concentrar em crer nas promessas que Deus nos deu, em submeter-Lhe os medos que temos e em entregar-nos plenamente à obra e à vontade de Deus.
  • Por que você deseja a presença do Espírito Santo em sua vida? Você quer experimentar mais do Espírito Santo meramente para seu próprio benefício? Se a resposta for sim, então não somos diferentes de Simão, o mago, que tentou comprar o poder do Espírito Santo dos apóstolos.
  • Um sinal garantido que o Espírito Santo está agindo é quando quem está aparecendo é Jesus, não pessoas.
  • Quando o Espírito Santo realmente se move, Deus é aquele que é louvado, Jesus é o exaltado. Quando o Espírito se moveu no Pentecostes, as pessoas sabiam que havia um poder presente vindo de Deus. É por isso que eles não saíram dizendo: “João é incrível! Ele aprendeu uma nova linguagem em questão de segundos! “Eles sabiam que tinha que ser de Deus. Vamos orar para que Deus nos dê um poder tão radical que nós não teremos glória nenhuma. Que as pessoas vejam nossas obras e glorifiquem a Deus, não nós.
  • Deus nos chama a busca-lo, não o que Ele possa fazer por nós.
  • Eu sinceramente acredito que a maioria de nós, enquanto poderíamos dizer que queremos ser liderados pelo Espírito, estão realmente assustados com essa realidade. Eu estou. O que isso significaria isso? E se Ele te pedir para desistir de algo que você não está pronto para desistir? E se Ele te levar onde você não quer ir? E se ele te disser para mudar de emprego? Se mudar de lugar? Você está disposto a render-se a Ele, não importa onde Ele quer levá-lo? Você está ?
    • Todos nós temos que responder à pergunta: Eu quero liderar minha vida ou ser guiado pelo Espírito?
  • Quando as pessoas dão suas vidas a Deus em troca de um bilhete para fora do inferno, muitas vezes não há conversão, que é a definição de arrependimento. Se tudo o que você quer é um pouco de Jesus para “espiritualizar” a sua vida, mais de Deus para manter você fora do inferno, você está perdendo a plenitude da vida para a qual você foi criado.
  • Você não precisa do Espírito Santo se você está meramente procurando viver uma vida semi-moral e freqüentar a igreja regularmente. Você pode encontrar pessoas de todos os tipos em muitas religiões fazendo isso muito bem sem Ele. Você só precisa da orientação e da ajuda do Espírito Santo se realmente deseja seguir o Caminho de Jesus Cristo. Você só precisa dele se deseja “obedecer a tudo” o que Ele ordenou, e assim ensinar os outros a fazerem o mesmo (Mateus 28:18-20). Você só precisa do Espírito Santo se realmente se arrepender e crer, se entender que está sendo chamado a participar do sofrimento e da morte de Cristo, bem como da Sua ressurreição (Rm 8:17, 2 Coríntios 4:16-18, Fp 3:10-11 ). Paulo demonstrou isso quando escreveu:
    • Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que este poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós. De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos. Trazemos sempre em nosso corpo o morrer de Jesus, para que a vida de Jesus também seja revelada em nosso corpo. Pois nós, que estamos vivos, somos sempre entregues à morte por amor a Jesus, para que a sua vida também se manifeste em nosso corpo mortal. (2 Cor. 4:7–11)
  • Se você realmente acredita que conhece a Jesus e quer mudar a sua vida, então você precisa desesperadamente do Espírito Santo. Você sabe que não pode viver este Caminho sem o Espírito em você.
  • Porque o fato é que se você estivesse em sintonia com o Espírito Santo, escutando e obedecendo a Ele, você não pecaria (Gálatas 5:16). Em um dado momento, é impossível viver no poder do Espírito e pecar ao mesmo tempo. O pecado é totalmente oposto a tudo que é do Espírito. Eles são mutuamente exclusivos e totalmente contrários um ao outro.
  • Isso não significa que se você pecar, você não tem o Espírito Santo ou não é um seguidor de Cristo. Isso significa que quando você está pecando, você não está simultaneamente submetido à autoridade e presença do Espírito Santo em sua vida. Ele ainda está presente, mas você provavelmente está suprimindo ou ignorando Seu conselho.
  • É óbvio quando alguém não está andando no Espírito (pelo menos não consistentemente). O que você vê em tal pessoa é geralmente raiva, egoísmo, discórdia, amargura e inveja. Entretanto, quando uma pessoa é ativamente submetida ao Espírito, o que sai de sua vida é o fruto do Espírito. O Espírito Santo não pode levá-lo ao pecado. Se o Espírito Santo está em você, um crente, então quando você pecar você não está escutando a liderança do Espírito.
  • Você pode até ter a lista do fruto do espirito memorizada. Mas olhe sobre esses traços agora e pergunte a si mesmo se você possuir cada um deles em um grau sobrenatural.
    • Você exibe mais bondade e fidelidade do que os Mórmons que você conhece?
    • Você tem mais auto-controle do que seus amigos muçulmanos?
    • Mais paz do que budistas?
    • Mais alegria do que ateus?
    • Se DEUS realmente vive em você, você não deveria esperar ser diferente de todos os outros?
  • Quando transparecemos a paz que supera a compreensão de todo o mundo, é quando o mundo assim percebe.
  • Observe que o assunto (“fruto do espirito”) é singular. Não diz que há muitos frutos do Espírito, mas que um fruto incorpora todos os diferentes elementos que seguem (amor, alegria, paz, etc.).
  • Você já deu alguma sugestão do tipo: Você realmente sabe o que você está fazendo? Você vai dar esse dinheiro mesmo? Em vez de afastar as pessoas à liderança do Espírito com nossas palavras e nossas ações, devemos nos alegrar e nos unir ao movimento do Espírito neles e através deles!
  • Você só estará cheio do Espirito dEle quando não é mais você que controla a sua vida, mas sim o Espirito Santo de Deus.

 

Sejam abençoados meus queridos.

Gostou do nosso ministério?