Como todo o trabalhador, antes e iniciar o seu novo trabalho, ele recebe um treinamento. Nós também precisamos estudar para nos preparar. Sabemos que Deus irá prover tudo que precisaremos, mas também é importante que a nossa parte seja feita.
Para isso, começamos essa etapa das nossas vidas lendo um maravilhoso livro chamado “Tropeços da Ação Missionária” do autor Jarbas Ferreira da Silva.
Essa leitura será muito útil para o nosso ministério, pois nos possibilitou conhecer e entender melhor a realidade no campo e nos mostrou pontos importantes que precisamos nos preparar antes de irmos. E não somente antes, mas durante o trabalho no campo utilizaremos o que aprendemos no livro.
Após a leitura do livro, anotamos algumas questões que consideramos importantes para nós. Segue abaixo:
  • Preparo Transcultural
    • Aprender a língua local é prioridade.
    • Conhecer o campo.
    • O treinamento ser de acordo com o campo.
    • Conhecer a língua local é muito importante. Em alguns casos é essencial.
    • Cada cultura tem um momento certo para se iniciar as evangelizações, pois depende do conhecimento que você tem da língua local.
    • Conhecer as doutrinas da igreja no campo.
    • Conhecer os princípios e as diferenças da igreja que lhe enviou e da igreja no campo.
    • Devemos conhecer a cultura local
      • Como falar do evangelho?
      • Como se comportar entre o povo?
      • O que pode ou não falar?
    • Ser igual ao povo para assim poder falar com liberdade espiritual.
Para com os fracos tornei-me fraco, para ganhar os fracos. Tornei-me tudo para com todos, para de alguma forma salvar alguns. 1Co 9.22
  • Importante viver conforme nível sócio econômico do povo.
  • Visão do Reino de Deus acima de tudo.
  • Onde você irá morar?
    • Esta de acordo com o combinado com a agência missionaria?
  • É importante ter contato com os missionários que já estão no mesmo campo e tem mais experiência.
  • Ter um pastor local para os missionários ter retaguarda de oração e conseguir desabafar quando for necessário.
  • Ter muito amor pelo povo.
Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine. 1 Co 13.1
  • As atitudes dos missionários são principal testemunho.
  • Amor pela causa de Cristo
Todavia, não me importo, nem considero a minha vida de valor algum para mim mesmo, se tão-somente puder terminar a corrida e completar o ministério que o Senhor Jesus me confiou, de testemunhar do evangelho da graça de Deus. Atos 20.24
  • Fé apoiada em Deus e não em sabedoria humana.
Para que a fé que vocês têm não se baseasse na sabedoria humana, mas no poder de Deus.1Co 2.5
  • O que a igreja que lhe enviou espera de você, assim como a igreja local?
  • Buscar primeiro o Reino de Deus.
Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Colossenses 3.1-2
  • Vida de oração constante, sem deixar a intimidade com Deus.
  • Caso seja um casal, estes não podem perder a intimidade.
  • Cuidar com as armadilhas que o inimigo colocar no campo, como confusões e intrigas entre missionários e pastores.
  • Sabedoria ao ouvir testemunhos e desabafos do povo, sabendo esperar respostas no Senhor.
  • Estar preparado para lidar com as injustiças do campo, pagando assim o preço.
  • Os filhos precisam de preparo para enfrentar o campo missionário.
  • Tratar problemas pessoais que tiverem que ser tratados antes de ser enviado para o campo.
  • O que está motivando você para fazer missão: Desemprego? Falta de dinheiro? Vida de aventura? Desilusões sentimentais? Esses não são bons motivos para ser missionário.
  • É vital ter comunhão no campo, visitando e recebendo o povo, pastores e outros missionários.
  • Cuidar bem da sua casa.
Pois, se alguém não sabe governar sua própria casa,como poderá cuidar da igreja de Deus? 1Tm 3.5
  • Não dar motivos para escândalos.
  • Tudo está no controle do Senhor.
Nenhuma arma forjada contra você prevalecerá, e você refutará toda língua que a acusar. Esta é a herança dos servos do Senhor, e esta é a defesa que faço do nome deles, declara o Senhor. Is 54. 17
  • Conhecer bem a agencia que irá lhe enviar.
  • Estar preparado para mudar seus objetivos de trabalho se necessário, pois após estar no campo e conhecer o contexto e necessidades eles podem mudar. Principalmente seguir os objetivos do Senhor.
  • O trabalho com outros Missionários deve ter uma linha teológica.
  • Só receber ofertas da igreja que lhe enviou se for para algum trabalho específico, depois de um projeto bem definido e que foi bem estruturado no campo.
  • Obedecer a Deus antes que os homens.
Pedro lhe disse: Por que vocês entraram em acordo para tentar o Espírito do Senhor? Atos 5.9
  • Respeitar as culturas locais. Ex: Bebidas Alcoólicas. O objetivo do missionário é levar o povo a conhecer o evangelho pelo testemunho, não por um ato contra a cultura local.
  • Os frutos podem demorar a virem, pois muitas vezes a conversão não é tão rápida, pois não depende de nós.
De modo que nem o que planta nem o que rega são alguma coisa, mas unicamente Deus, que efetua o crescimento. 1Co 3.7
  • Cuidado ao julgar.
Portanto, não julguem nada antes da hora devida; esperem até que o Senhor venha. Ele trará à luz o que está oculto nas trevas e manifestará as intenções dos corações. Nessa ocasião, cada um receberá de Deus a sua aprovação. 1Co 4.5
  • Trabalhar para os objetivos do reino de Deus, não para a agência missionaria.
  • Ser guiado pelo Espirito Santo, não pelos seus próprios interesses.
  • Parte emocional e sentimental dos missionários, ser analisada e refletida antes de ir para o campo.
  • Manter contato com o consulado.
  • Ter definido antes de ir a campo, o que a igreja local e agência missionária espera de você como missionário e do seu ministério.
  • Ter abertura com a agência missionária que nos enviou sobre problemas e dificuldades enfrentadas no campo sem má interpretação. Pois poder se posicionar sobre assuntos e decisões que diz respeito aos missionários (sua vida) serão necessárias.
  • Conhecer os líderes da igreja no campo.
  • Missionários ter treinamento de primeiro socorros.
  • Tomar vacinas e saber dos perigos relacionados à saúde no campo.